Natália falou emocionada sobre a violência doméstica sofrida. Ela denunciou e agora quer inspirar outras mulheres a não se calarem.
 
 
 
 

 

 

No mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a cada 40 segundos, uma pessoa morre por suicídio. No Brasil, segundo dados do Centro de Valorização da Vida – CVV, 83% das mulheres vitimadas pelo suicídio ou feminicídio já haviam sido expostas a algum tipo de violência, indicando que a violência é determinante no caso de morte de mulheres por suicídio.

A campanha nacional Setembro Amarelo, que em 2020 tem o tema “É preciso agir”, é realizada pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM) e visa a conscientização, desmistificação e prevenção do suicídio

Além das ações de prevenção do suicídio realizadas durante o Setembro Amarelo, os voluntários do Centro de Valorização da Vida (CVV) oferecem todos os dias, de forma gratuita, apoio emocional às pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo, através do telefone (188) e por chat no site www.cvv.org.br.

 

Acesse também o site da Campanha Nacional Setembro Amarelo

 

Em Currais Novos: 

CAPS – Centro de Atenção Psicossocial Maria Vênus Cunha

Telefone: (084) 3405-2764
email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Rua Ernesto Cunha, n.º 40 – Walfredo Galvão

 

Digo sempre sim à vida!
Mesmo que eu caia,
que eu me quebre,
que eu me veja sozinha,
que o mar esteja agitado,
que não tenha sol,
que eu me apague por dentro,
que eu viva em um pântano!

Mesmo assim, digo sim à vida!
Se eu cair, levanto,
Se eu me quebrar, me emendo,
Se me sentir só, me avizinho,
Se não tiver sol, ilumino-me,
Se eu me vir no escuro, acendo-me,
Se eu viver em um pântano, descanso!

Amanhã, o dia será novo e jovem
e eu estarei bem melhor que hoje!

Maria Maria Gomes – Currais Novos, RN